segunda-feira, março 06, 2006

Crash



Cumprimentos ao Crash pelos 3 Oscars. Mais interessante para mim do que a questão racial, foi o fluir de eventos, sugerindo que certas coincidências não são, afinal, tão aletórias quanto o nosso racionalizmo Cartesiano possa julgar. Gostei do filme principalmente pelo ambiente criado, a remeter-me para o Magnolia (que por acaso também trata a temática das coincidências...).

Nota especial para a banda sonora, que para além do ambiente sonoro mais etereo de Mark Isham, inclui também duas interessantes faixas que se podem ouvir, uma a seguir a outra, sensivelmente a partir do minuto 16 do meu DJ set #4 (mp3) [tracklist].

1 comentário:

Sara Mendes disse...

Lindo, espectacular, sensivel, e muito sentido... palavras que descrevem este fenomenal filme. Tenho que o rever :)